terça-feira, 2 de abril de 2013

Tutorial Ryanair


Assim que você chega na Europa, de imediato seu principal pensamento é viajar. E uma vez que você fale em viajar por aqui, é impossível não ouvir falar sobre a Ryanair. Um empresa de origem irlandesa com um público-alvo no Reino Unido, fundada pelo princípio de empresas aéreas de baixos custos, ou seja, você consegue viajar para bons destinos e também outro bem exóticos mas com alguns poréns que em geral ainda fazem a viagem valer a pena.

A ideia desse tipo de empresa é reduzir todas as facilidades do voo com a intenção de melhorar o preço da passagem para os usuários. A seguir algumas coisas que você tem que saber.

Informações Essenciais Ryanair

1. Um sistema simples de tarifação é oferecido, de modo que à medida que a capacidade do avião vai se esgotando em determinado voo, as tarifas aumentam.

Basicamente, quando você vê a promoção ou você compra ou você perde. Falo por experiência própria, estávamos olhando uma passagem no domingo e algumas horas depois o preço tinha subido de 20 pra 33,34 pounds. Geralmente no lugar onde ficam os preços tem dizendo o número de assentos que faltam pra mudar o valor.

2. São escolhidos aeroportos com custos mais baratos e menos congestionados, normalmente sendo aeroportos secundários.

O que isso significa? Que você geralmente desce na puta que pariu de longe, as vezes até em uma cidade vizinha. Então, quando você vai comprar a passagem tem uma sigla da cidade pra onde você vai, então pesquisa no google e vê onde fica o aeroporto. Procura como você vai chegar do aeroporto pro hostel, isso é algo essencial e prioritário na hora de comprar as passagens.

3. Prefere-se voar em horários não-preferenciais (muito cedo pela manhã ou noite avançada), reduzindo custos e evitando atrasos devido ao intenso tráfego aéreo.

#True Meus horários de voo são ou 07:00 da manhã ou tarde da noite com previsão de chegada as 23:55. Mais um indicador pra saber como ir pro hostel direitinho, porque a noite os táxis podem cobrar valores exorbitantes.

4. Os vôos são vendidos separadamente para cada trecho, não sendo possível conexão, o que transfere ao passageiro o ônus de vôos cancelados ou atrasos (a companhia vende bilhetes sem escalas intermediárias de conexão e não se responsabiliza por combinações feitas pelos passageiros com outros vôos da companhia ou de outra empresa).

No meu caso, meu roteiro foi feito por disponibilidade da ryanair. Fui seguindo as passagens promocionais, e vendo as opções de destino, a partir de onde eu estava. Vou dar as dicas ali embaixo. Isso aí em cima, é basicamente dizendo que os voos são diretos.

5. Ênfase na venda direta ao passageiros, especialmente pela internet, evitando taxas e comissões pagas a agentes de viagem, operadoras turísticas e sistemas eletrônicos de reserva.

Pra comprar passagem Ryanair, entra diretamente no site. ~grande surpresa~

6. Lugares marcados não são oferecidos - você recebe um ticket sem número de assento.  Teoricamente isso encoraja os passageiros a embarcar o mais rápido possível.

7. Emissão preferencial de bilhetes eletrônicos ou viagem sem bilhete (apenas com número de reserva).

8. Check-in Online

Referente ao 6, 7 e 8, o que tenho a dizer é, uma vez que você compra sua passagem, chega um email pra você e lá tem um link de check-in online. Tanto pra comprar a passagem, como pra preencher o check-in você tem que nadar num mar de cliques chatos, ou seja, desviar das promoções que eles tentam te jogar. Fique sempre no preço da passagem, porque se ele subir, você clicou errado em algum lugar. Preencha o check-in conferindo cautelosamente todos os seus dados pra não dar chance ao azar. Uma vez que você faz tudo isso, você gera um bilhete eletrônico e você tem que imprimir. Se não levar impresso paga taxa extra, segundo me foi dito. Então não esqueça de levar.

9. Malas, medidas e peso

Pela Ryanair você só pode levar UMA e somente UMA bagagem de mão. Nem que seja bolsa de mulher, nem aquelas pequenininhas, tudo tem que estar dentro de UMA bagagem de mão principal. Eles são bem rigorosos nesse aspecto. As dimensões máximas da mala são 55x45x20 cm nenhum centímetro a mais nem ao menos, com pena de pagar 50 euros/libras se ultrapassar isso ou o peso de 10 Kg. Antes de entrar no avião, sua mala vai ser testada dentro de um compartimento/balança pra ver se atende as especificações, então fique bastante atento nesses detalhes e cheque antes de comprar sua mala.

10. Serviço de bordo gratuito é eliminado, sendo cobrado qualquer serviço diretamente do passageiro (bebidas, lanches, fones de ouvido).

Não vá esperando regalias do serviço de bordo. Se quer algo, se previna e crie milagrosamente mais espaço na sua mala pra caber isso. Eu sinceramente estou apenas rezando pra minha mala da Tesco caber. Se ela der certo, depois recomendo pra vocês.

11. A Ryanair carimba em confirmação do visto para pessoas sem passaporte europeu.

Importantíssimo. Antes de embarcar, passar na central da Ryanair e confirmar seu visto e ter sua passagem carimbada, porque dentro do avião vão te pedir pra checar isso. Então, não esqueça!!!!!

Tips Ryanair - Dicas para compra de passagem

A sessão mais esperada pelos aficionados por viagens e promoções. Eu meio que desenvolvi um método pra viajar barato quando suas opções de destino em geral são livres. Não é nada de outro mundo, mas ajuda bastante pra ter um início.

A gente começa pela parte simples. Entra no site da ryanair. No caso o meu inicial vai ser em inglês, porque moro na Inglaterra, logo é o que me interessa. Se o país que você reside for outro, você troca pra língua de onde você mora, no canto superior direito do site (vide imagem abaixo), e eu já vou explicar o porque.

Onde selecionar a língua do país de onde você está partindo
Uma vez que você fez isso, não importa a língua que está, a estrutura do site é a mesma. Então vai ter um quadrado dos voos promocionais que fica logo no começo da página. Lá, você clica em 'more cheap flights from UK' ou repetindo, clica no mesmo lugar independente da língua.

Onde clicar no retângulo de passagem promocionais
Então, vai abrir uma página com as todas as cidades de onde partem voos Ryanair e seus devidos preços em ordem crescente. Quando o país tem muitas cidades, nem todas aparecem, então fiquem atentos pro fim da página que tem outras possibilidades de cidades lá. Então, a primeira coisa que você tem que decidir é de onde partir e pra onde você vai. Isso cabe a você.

Ainda usando meu exemplo, parti de Liverpool em direção a Zadar, porque eram 10 pounds. Foi basicamente esse meu critério. Eu pesquisei todas as cidades que custavam 10 pounds pra viajar no google, vi onde era, o que tinha, se era interessante e tal. Não descriminei nenhuma. Por fim, escolhi Zadar, na Croácia.

Próximo passo, mudar o idioma da página pra localidade de onde você vai partir agora. No meu caso croata. Agora você me pergunta porque. Bem, uma vez que eu mudo o idioma, faço a mesma rotina de clicar no retângulo com passagens promocionais e vejo lá de Zadar os preços mais baixos de passagem e os  destinos. Você basicamente vai abrindo um leque de opções de destinos a seguir. É bem cansativo, mudei de roteiro várias vezes mas consegui um muito bom e o principal bem barato.

Claro que é bom checar a disponibilidade de datas, porque a passagem promocional acaba rápido, então nem sempre cai na data que você quer e nem todo dia tem voo entre aqueles dois lugares. Ou seja, muita paciência e fé na boa viagem.

Recomendações Gerais de Viagem

1. Tire cópias do seu passaporte e visto por segurança na fatalidade de perder ou ter seu passaporte roubado. 

2. Leve sempre cadeados pra todo hostel que for porque geralmente são cobradas taxas pelo aluguel do mesmo.

3. A regra dos líquidos vale aqui também. Nada acima de 100 ml. Tudo dentro de um saquinho só ziploc.

4. Muito países exigem que você comprove ter seguro saúde, então é bom ter em mãos a sua apólice caso seja requisitado por esse documento.

5. Pergunte a outras pessoas que já viajaram sobre a experiência, com certeza alguém sempre tem uma dica pra dar e recomendações do que fazer e não fazer. 

Isso é tudo, espero que consigam aproveitar algo daqui. Sou viajante de primeira viagem e espero que essas dicas me façam evitar os apuros. Esse é meu último post, porque viajo amanhã, então só nos vemos daqui a alguns dias. Até a volta.

Quer ver mais postagens específicas pro Ciências sem Fronteiras? Clique aqui.

Gostou da postagem? Compartilhe através das redes sociais disponíveis nos botões logo abaixo. Curta também a nossa fanpage no facebook aqui. 

6 comentários:

  1. Valeu pelo post. assim sai mais barato viajar mesmo!rs

    ResponderExcluir
  2. Dicas excelentes! Esperos pô-las em prática assim que eu for pro UK em setembro! ^^

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana suas Dicas Reiron, mas pode me tirar uma dúvida rápida??

    Tipo assim, com o dinheiro da bolsa do CsF dá pra viver normal(sem esbanjar) e usar o dinheiro da bolsa pra fazer essas viagens, ou é preciso complementar com dinheiro por fora, por exemplo dos pais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até dá, claro que nessa viagem maior a gente gasta mais e tem que por um pouco do nosso próprio dinheiro que já economizamos de alguns auxílios, mas em geral quando é um só destino acho que daria pra viajar um vez por mês. Hipóteses de viagens economicas claro.

      Excluir
  4. Muito boas dicas Reiron!
    Mas eu tenho uma dúvida, vc costuma usar sempre o mesmo aeroporto em UK pra viajar? porque olhando nos sites dessas empresas low cost parece que os destinos variam de aeroporto para aeroporto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Rafael. Então, eu já viajei de Birmingham, Liverpool e Manchester. Pego trem pra lá, comprando com antecedência e tal.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...