sábado, 25 de maio de 2013

Manual do Intercambista - Parte II - Preparativos Finais antes da Viagem

Depois de ter resolvido o primeiro passo que são as passagens - explicado no último post da série Manual do Intercambista - o próximo é acertar as burocracias finais e arrumar as malas.

O que você precisa saber antes de viajar?

Disciplinas

Eu acho que um ponto bem importante é conversar com a universidade de destino sobre quais as disciplinas que você irá cursar. Muito gente chega aqui - tipo eu cheguei - sem nem saber pra onde vai. Acho que não custaria nada pra mim ter mandando um email pedindo um adiantamento nas informações à respeito da matrícula, e quais as opções que você tem ao seu dispor.

Alojamento

É intuitivo que a universidade vai te dizer onde você vai ficar. A atenção que você tem que tomar é prestar bem atenção na localização, e como chegar nela. Google Street View está aí pra isso. É só pra quando você chegar e provavelmente pedir um táxi, ficar desnorteado sem nem saber pra que direção seguir. Outra dica importante é ver o procedimento de entrada, como você vai conseguir a chave, se alguém vai te recepcionar, e também o que já vai ter dentro do seu quarto. As vezes eles disponibilizam lençóis por exemplo.

Seguro-saúde

Esse é um assunto que assola muitos intercambistas de dúvidas. Pra você escolher o seu seguro-saúde primeiro você tem que decidir entre duas coisas: comodidade e economia. Se você prefere o cômodo, faça no Brasil, pesquise bem e contrate o serviço. Já se você prefere a economia, vai ter que ralar um pouquinho mais. Sempre me perguntam qual seguro-saúde eu fiz - Endsleigh é a resposta. Já relatei que tive que fazer uma conta de banco e tudo mais pra depois contratar o seguro. Nada de outro mundo, só demora um pouco mais e dá um pouco a mais de trabalho. Em compensação, economiza-se bastante em relação à um seguro contratado no Brasil. Também há a opção de contratar um seguro muito bom, que cobre até acidente na lua. Repito, nunca precisei usar o seguro que contratei, então não sei dizer se ele é bom ou não.

Pra quem escolhe deixar pra fazer o seguro-saúde no Reino Unido é aconselhável fazer um seguro-saúde de um mês no Brasil para o caso de ser exigido na imigração e também pela sua própria segurança enquanto resolve o outro seguro aqui.

O que trazer do Brasil?

Esse é aquele momento que você fica um pouco paranoico de esquecer algo fundamental no Brasil, mas calma, em geral você não esquece nada se prestar atenção. Vamos começar pelos mais importantes.

Documentos

- Passaporte e todos os documentos usados pro visto

Sabe toda aquela papelada que você submeteu pro visto? Pronto, compre uma pasta, junte tudo e traga fácil  na sua mala, principalmente pela imigração. Sua universidade provavelmente vai precisar desses documentos - em especial o papel de liberação da bolsa do Cnpq - pra fazer a sua matrícula. 

- CNH

Para aqueles com ambições de dirigir mundo afora, vão no Detran e solicitem uma PID - Permissão Internacional para Dirigir - que vai lhes custar alguns reais, variando de estado pra estado. Pra isso óbvio que já tem que ter carteira de motorista. Tragam as duas se quiserem dirigir no mundão.

- Procurações

Se você tem conta no banco, provavelmente vai querer deixar uma procuração com seus pais. Imagina se dá problema e você do outro lado do mundo pra resolver. Acho que não custa nada ir num cartório e deixar seus pais responsáveis por isso. Só cuidado pra não dar plenos poderes UHSUAHSA Brincadeira. Também é interessante quem sabe incluir sua universidade no pacote. Eu também não sabia antes, mas quando você faz um procuração, adiciona quais instituições em que aquele documento é válido. 

- Identidade

Mesmo trazendo minha carteira de motorista, embora eu não tenha trazido a PID porque nem sabia disso na época, também trouxe minha identidade, porque afinal de contas eu podia precisar pra alguma emergência. Até porque você guarda seu passaporte com sua vida, e nunca sai com ele de casa, a não ser pra viajar claro. E tem Student ID que as universidades vão fazer pra vocês, enfim, vai de cada um...

- Carteira de Vacinação

Antes que voltemos as mesmas perguntam, não precisa-se 'ter' nenhuma vacina pra entrar no UK. Esse documento é recomendado mais para quem quer viajar para outros países que exigem certas vacinas, e claro, é sempre bom ter seu registro de vacinação por perto. Eu perdi o meu e não tive problemas até agora mas quando eu for tomar vacinas, pelo que entendi, posso tirar outro registro aqui. Pra quem ainda está no Brasil e deseja tirar a Carteira Internacional de Vacinação pode se informar no site da Anvisa numa seção específica para viajantes. Lá você se informa sobre as vacinas, onde tomá-las e também tem um cadastro pra providenciar a Carteira Internacional de Vacinação que geralmente é obtida em aeroportos. Outra links importantes são o site do NHS com informações sobre as precauções para cada país (aqui) e também um outro site informando sobre países que com risco de contaminação por febre amarela e os que exigem vacina (aqui).

- Na dúvida, traga

Se você acha que talvez você vá precisar é melhor trazer. Um homem prevenido vale por dois.

Remédios

Você já toma remédio?

Nesse caso, se você precisar continuar tomando nesse ano que virá passar aqui, provavelmente vai querer trazer um 'estoque', e obviamente vai precisar de uma receita pra provar o porquê de estar carregando tanto remédio. Aproveitando o médico, por precaução, eu pediria também uma 'receita' para esses remédios básicos de gripe, dor e tudo mais pra trazer junto. 

Você não toma nenhum remédio regularmente?

Bem, todo mundo quer trazer estoque de remédio - eu trouxe - porque é bem mais cômodo já ter quando se precisar do que ter que ir atrás, se informar qual é qual, principalmente se você tem alergia à alguma medicação. Eu trouxe um estocão, tudo dentro das caixas, com as bulas e não trouxe receita. Eu queria ter trazido receita, foi mais uma das coisas que me atormentou, mas não deu problema. Se você tiver a oportunidade de ir num médico, peça pra ele receitar - listar - tudo isso só por segurança.

Obs.: Nimesulida, Dipirona e Paracetamol (aqui) não permitidos/vendidos no UK. Não sei informar ao certo se é proibido levar na mala. Acredito que quem trouxe remédios conseguiram entrar sem problemas. Eu fui uma das pessoas que trouxe estoque, mas fica a cargo de cada um.

Obs².: "Anticoncepcionais são gratuitos pelo NHS. Para quem está habituado a pagar uma fortuna todo mês pela pílula anticoncepcional no Brasil, vale a pena ter que ir ao GP para pegar a receita médica. Você então retira em qualquer farmácia sem custo algum." Fonte

Comida

Supondo que eu pudesse voltar no tempo, teria trazido mil quilos de cuscuz <3 os quais por medo - quer dizer, cautela :x - eu não trouxe. Bem, segundo as fontes - veja restrições de bagagem aqui - você pode trazer alimentos não perecíveis dentro da sua mala - industrializados - e até alguns perecíveis - veja no link - com muita proteção, mas já não aconselho os perecíveis. Então se quiser trazer aquele feijãozinho preto, ou cuscuz e me dar, eu aceito obrigado aparentemente não tem problema. Apenas produtos lácteos e carnes não são permitidos porque podem estar contaminados. Não precisa ter medo de trazer porque na pior da hipóteses eles não vão te prender - espero - só jogarão fora.

O que trazer na bendita da mala?

Então, você tem duas malas de 32 quilos pra encher de coisa, mas ao menos que você tenha um plano muito bem bolado pra conseguir se locomover com duas malas mais uma mala de mão, aconselho trazer só uma. Eu trouxe só uma, mas tem muita gente que traz duas. Não tenho muita roupa, mas com certeza as meninas trarão duas cheias até não caber mais. Eu vou deixar pra levar duas CHEIAS na volta :3

Pra quem vem no meio do ano, não precisa de preocupar com o frio - extremo - mas quem vem no começo do ano precisa trazer só uma roupa resistente que depois dá pra se virar pra comprar mais aqui. Toalha, lençol - artigos de cama e banho em geral - eu trouxe o suficiente que é dois de cada, afinal não ia dormir no colchão sem nada né? Travesseiro eu deixei pra comprar aqui, porque não ia usar esse espaço todo da minha mala. Sempre é bom lembrar de trazer os produtos de higiene bem lacrados pra não vazar na mala. Deixei roupas de frio no topo da mala pra pegar quando eu fosse precisar, e isso é bom de lembrar. Apesar de chegaram no verão, sempre pode dar o azar de pegar um dia de frio anormal, então é melhor prevenir do que remediar. 

A Fernanda me falou o que ela achou importante trazer, entre outras coisas, blusas de manga compridas pra fazer camadas e sobreviver nos primeiros dias de Inverno, algumas roupas já pensando no Verão - nem adianta trazer muito short pros homens porque eu mesmo só consegui usar uma vez fora de casa - tênis e havaianas - trazendo havaiana pra revender ainda rola até uma graninha :x - coisas pra lembrar do Brasil caso dê saudade - trazer uma bandeira é algo legal, mas também dá pra comprar por aqui por 2 pounds na sports direct.

Se você for comprar roupa, nem precisa pensar duas vezes pra chegar a conclusão que é melhor comprar aqui. Mais barato, mais opções e tem as marcas conhecidas pra quem gosta.

Uma dica pra mala de mão é levar o que você precisaria para um dia inteiro numa emergência. Infelizmente sempre tem aquele seu colega que tem a mala extraviada. Caso esse indesejável evento acontecesse com você, o que seria essencial ter consigo na mala de mão? Mais ou menos assim que você deve pensar. Uma muda de roupa, seus eletrônicos, documentos entre outros.

O que ter com você dentro do Avião?

Chiclete

Vamos escapar dos ouvidos agoniantes nas decolagens e pousos.

Livro

Se você vai fazer escala, como eu fiz, em algum lugar, aconselho um livro, até pra ler dentro do avião, porque eu estava tão nervoso que não dormi no primeiro voo, no segundo capotei. Mas enfim, livro sempre companheiro dos entediados.

Casaco e/ou Cobertor

As vezes a gente passa um frio legal. Não custa nada por um lençol fino num canto acessível da bagagem de mão ou um casaco mesmo.

Pasta com documentos do visto

Não vamos enfurnar esses documento no fundo da mala. Ou deixa de fácil acesso, ou carregue com você. E importante, um papel com seu futuro endereço no UK, porque você vai precisar informar no Landing Card.

Caneta!!!


Pra preencher o formulário de entrada de imigração - Landing Card. Mais detalhes no próximo tópico.

O que fazer na imigração?

Primeira coisa ficar calmo. Quando eu vinha pra cá fui inventar de ler sobre a imigração e você sempre para naqueles lugares com pessoas e suas experiências horríveis. Tudo bem que isso acontece, mas não esqueça que você tem um visto, você já foi autorizado a entrar no país, você está ali apenas fazendo comprovações. Ainda no avião devem te entregar o Landing Card - foto abaixo - que você tem que preencher com LETRAS MAIÚSCULAS. Como vocês podem ver nada demais. Saindo do avião,  você vai pro guichê de imigração - se tiver dúvidas é só seguir a galera - e lá o que você vai fazer é entregar seu passaporte e esse papel. Naturalmente vão te perguntar algumas coisas como qual curso você vai fazer, pra que cidade você vai, como você vai chegar lá, qual o nome da universidade. Enfim, perguntas triviais até onde soube. Eu morria de medo, mas passei bem tranquilo. Que quando a mulher me devolveu meu passaporte eu fiquei sem acreditar que eu tinha passado pela imigração. 



Quer ver mais postagens específicas pro Ciências sem Fronteiras? Clique aqui.

Gostou da postagem? Curta o ExpressoLondres no facebook aqui.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Cara tu falou na economia do seguro saúde, como assim, o que sobra do seguro saúde pode ficar com o bolsista? de resto teu texto tá excelente valeu pelas dicas. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daisson, o que sobra fica pra gente sim. Abraço.

      Excluir
  3. Você basicamente respondeu uma das minhas maiores dúvidas, a imigração, mas eu gostaria de mais detalhes, no Landing Card, o espaço pra colocar a profissão é tão pequeno! Do que se trata os dois penúltimos itens, e nessa última faixa azul escura (rodapé) você preenche?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kelly, que bom que deu pra você tirar suas dúvidas. Olha, o penúltimo item é o número do voo que você estará, o qual terá no seu cartão de embarque, e o último é sua assinatura. Esse rodapé azul é para "uso oficial". Então é só deixar em branco.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...