sábado, 15 de junho de 2013

Um dos dias mais aleatórios da minha vida

Hoje, sexta-feira, foi dia de bater perna no centro pra resolver o que faltava da viagem. Começamos pelo câmbio do dinheiro, afinal a moeda não troca automaticamente quando você viaja. Demos aquela pesquisada básica, isso só pra eu dizer que quando estava saindo do shopping, passei por um lugar que passo sempre, e é comum ter um de dois cantores que lá ficam. Fui me aproximando, e quanto mais eu chegava perto, mas eu tinha a sensação de estar ouvindo algo familiar. Não era que o danado do cara estava tocando Garota de Ipanema

Olha que coisa mais linda mais cheia de graça
É ela menina que vem e que passa
No doce balanço à caminho do mar

Gente, não tem noção como eu fiquei feliz. É aquele tipo de orgulho que a gente sente da nação ser conhecida por algo bom além de futebol e samba. Não perdi tempo e tentei gravar um vídeozinho. O que me deu raiva era umas criaturas fantasiadas fazendo zoada perto e atrapalhando. Eu já estava pra matar um e pelo olhar do cara ele também. Eu não tinha moedinha pra dar pro cara, mas meu amigo tinha. Fomos lá, eu, claro, elogiei o bom gosto da escolha e falei que éramos brasileiros. Meu amigo colocou as moedinhas e nos despedidos. Só deu tempo viramos as costas e o danado começou a tocar Insensatez. Eu quase voltei e deu uma nota de 50 pounds. Mentira, porque eu sou pobre.


Nesse dia que começava com ótimas perspectivas, tinha que ter uma coisa pra estragar: chuva. O que acontece é que aqui as chuvas são tipo neblina, e não é nem considerado chuva. Mas nesses últimos dias Coventry resolveu aderir ao significado de chuva torrencial, rápida, porém de molhar tudo. E foi dessas quem de 30 em 30 minutos a gente tinha sorte de pegar na rua. Como eu já virei inglês, levo chuva like a boss e tô nem aí, porque o tempo daqui já é conhecido pela imprevisibilidade.

Almoçamos. Trocamos o dinheiro e na volta pela praça da Lady Godiva, tinha um teatrinho - justamente com os pestes fantasiados barulhentos - e eu claro parei 15 minutos pra apreciar aquela arte gratuita e aleatória. Não consegui mais ficar com raiva deles, eram muito engraçadinhos, e me fizeram até rir. Enfim, não pude me demorar muito e voltei à busca por uma capa pra minha câmera. Ah, vocês sabem que agora tu tô equipado né?

Quer ser aleatório? Vem aprender em Coventry.



Se tem uma coisa que eu aprendi a valorizar é foto! Eu sempre gostei de tirar fotos - de preferência não aparecendo nelas - e aqui eu aprecio ainda mais. Nunca fiz curso nem nada, mas se tivesse a oportunidade faria. Antes, todas as fotos do blog, eram tiradas do meu Galaxy SIII. A partir do post de Harry Potter talvez vocês tenham notado uma diferença gritante na qualidade e na captura de detalhes. Tudo obra dessa beleza aí. Meu xodó. Doeu comprar, mas é uma dor que vai sendo aliviada por cada momento que eu passo clicando por aí.

Mais um vez, nas idas e vindas por Coventry, atrás de uma case para guardar a máquina e viajar de boa, notei que a cidade tava cheio de coisa estranha. Malabaristas, Árvores ambulantes - nem em Nárnia eu vi isso, só tem em Coventry - e houveram boatos que ovelhas também. Como eu sou curioso fui logo perguntar e a moça que acompanhava as árvores (?) me explicou que era parte de divulgação pra chamar o pessoal pra praça, porque é tudo comemoração da Godiva. Vai ter até um festival!!!!

Árvores simpáticas interagindo socialmente.
Achei a case e agora sou uma criança feliz que pode viajar tranquilo. Quando eu achei que meu dia não podia aumentar no grau de randomicidade - se essa palavra não existir, eu culpo o neologismo - eu acabei encontrando uma surpresa no bolso do meu short, enquanto arrumava minhas malas...

Achado. Se eu leiloar compro um carro e dois aviões.
Ainda estou naquela dúvida se como ou não. Vou decidir na sorte, se eu abrir o bombom e ele estiver nas cores: amarelo, azul, vermelho e laranja eu como, já se estiver verde, branco, preto eu não como :3 Mentira gente, vou comer de todo jeito. 

Estou viajando hoje dia 15 pra conhecer Bratislava, Viena e Budapeste e vou estar de volta lá pelo fim da semana que vem. Não vou postar, primeiro porque não levo computador e segundo porque prefiro fazer posts mais organizados na volta. Assim deixo tudo organizado aqui pra talvez ajudar futuros viajantes, afinal eu sei o trabalho que eu tenho pra rodar pra conseguir informação o suficiente pra montar um roteiro. Não pensem que esqueci o post de 'Como planejar uma viagem'. Na volta juro que faço, porque estou craque nisso já.

Queria reservar esse último parágrafo pra demonstrar meu apoio a todos os manifestantes que de alguma forma estão tentando melhorar a situação no nosso Brasil. É um fato que nós não nos mobilizamos 10% do que acontecia alguns tempos atrás, e ao contrário do que muitos pensam, manifestações resolvem certos problemas sim. Acho um absurdo a postura dos policiais, mas tenho certeza que certos manifestantes também tiveram posturas incondizentes, mas ficou bem claro que os policiais ultrapassaram os limites estratosféricos. Enfim, indico esse post aqui pra você ter uma noção melhor do que aconteceu. Vamos lá Brasil. Make it count!

Boa viagem pra mim e até a volta.

Acompanha o Expresso Londres? Porque não curtir o ExpressoLondres no facebook aqui e ficar por dentro de todas as postagens?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...