sábado, 28 de setembro de 2013

Um dos dias mais aleatórios da minha vida II

Desavisadamente, o Universo decidiu fazer se hoje a continuação de um post da vida - Um dos dias mais aleatórios da minha vida. Eu sou uma pessoa totalmente racional que só saio desse universo de verdades para coisas que abrangem o medo e conversas existenciais, porém eu tenho um estranho costume de medir que um dia vai ser bom pelo cheiro dele. "É de lua" de repente eu estou assim e sobe aquele cheiro de dia bom, eu sei que é estranho, mas o olfato é um dos meus sentidos mais aguçado com esse estranho 'twist'. 

Eis que eu estou fazendo o meu caminho usual, quando uma casa bem próxima a minha rua estava interditada por bombeiros e por policiais. Eu já nasci curioso, e assim permaneço até agora, fiquei me coçando pra saber o que estava acontecendo, mas eu não ia chegar lá do nada e perguntar o que estava acontecendo né? Depois eu vejo no site da polícia :x Logo depois desse trecho eu passo por uma ponte, e foi lá, onde o vento corre solto que eu senti cheiro de dia bom e diferente. Atravessei a ponte, e logo no final da rua uma loja que curiosamente eu sempre prestei atenção por ser muito bem localizada e não ter nada funcionando estava sendo reaberta. 

O lugar que eu estou almoçando agora fora é uma restaurante chinês que nunca tem muita gente, mas hoje estava absurdamente lotado, e depois que eu recebi meu pedido não havia nenhuma mesa disponível, só que depois de girar no lugar, uma mesa vagou, curiosamente. Depois disso, eu ia ter uma reunião administrativa sobre que tipo de certificado nós do Ciências sem Fronteiras iríamos receber quando terminássemos esse ano em Coventry, e eu precisava chegar no prédio Alan Berry. É semana de freshers aqui (calouros) então as ruas estão cheias de novatos sedentos por informação e a galera da panfletagem tá louca pra pegar eles. Uma mulher foi me entregar um panfleto e eu aproveitei pra perguntar onde era o prédio. A questão é que ninguém sabia onde era Alan Berry, só Ellen Terry (um teatro). Por fim uma pessoa mostrou o caminho.

Eu só precisava virar uma esquina pra chegar no prédio, e estavam havendo vários jogos mas não quis gastar minha sorte ali. A reunião foi tranquila. Nada demais. Eu agora estava indo pra universidade, e após me despedir de um amigo, um panfleteiro disse: "Diga xau pra ele, e diga oi pra mim." Ele estava tão empolgado que me convenceu a colocar o nome na lista de uma festa! E enquanto ele repetia e eu respondia positivamente pra tudo que ele perguntava, eu tentei colocar meu nome naquela joça de produto da apple com corretor automático que sempre transformava Reiron em Terrion '-'. Acabei por colocar Ruan Lopes. O destino simplesmente não queria.

Cheguei na universidade e comecei a trabalhar pra variar no Report que eu tenho que entregar segunda referente ao meu projeto de verão. Não sei quanto tempo passou, até que eu subi no segundo andar pra pegar uma informação quando o alarme de incêndio do prédio dispara alertando a todos que alguém tinha visto fogo e nós deveríamos sair pela saída de emergência mais próximo e não usar os elevadores. Minha coisas estavam todas no subsolo. Três andares abaixo. Lá vou eu escada abaixo só pensando no meu computador que demora anos pra desligar e no meu report que não estava salvo ainda e eu não ia perder nem que as chamas me consumissem. LOL

Eu literalmente empolgadíssimo com o 'incêndio' desci as escadas naquele misto de adrenalina e riso. No subsolo meio que tem uma janela que dá pra ver a entrada da universidade. Enquanto eu corria pra salvar o report e desligar o computador, via um mundo de gente saindo pelas portas da universidade. Olhando pros lados e vendo quase ninguém. Joguei minhas coisas dentro da mochila e saí. Provavelmente foi só um ensaio pra um caso real, mas foi emocionante!!!!

"Ingleses conversando, enquanto outros riam do 'protocolo'."
Fui pra biblioteca continuar no report que não é de Deus, e logo depois de subir de novo no segundo andar me deu sede :))))))))))))))))) (riso de ódio) Tinha que dar sede. Olhei na garrafa d'água, seca! Desci em direção à uma café que tem do lado da biblioteca e esqueci o meu cartão de acesso para entrar nos prédios. Só que o universo não esperava a minha astúcia, porque eu falei com a moça da recepção e ela ia me deixar entrar quando eu voltasse (em alguns minutos). Só que eu não contava com a astúcia do Universo, porque o café estava fechado. :)))))))))))))))))))))) (riso de ódio). Perguntei a umas meninas que estava ali sentada e me falaram pra ir numa direção, só que como eu estava de costas troquei o lado da direção, só que antes de errar e dobrar elas gritaram apontando pro outro lado.

Como elas também disseram que era uma máquina, eu não esperava que fosse dentro de outro prédio da universidade que eu nunca entrei, e mais uma vez gritaram me alertando que eu havia passado da entrada. Consegui a água, agradeci, entre na biblioteca, falei com a recepcionista, subi e me senti. Falei pra mim mesmo que o dia ainda não tinha acabado.

Alguns minutos depois, um cara me aborda pedindo desesperadamente pra eu dar votar num troço dele no facebook e eu não ia precisar dar like em página nenhuma nem nada. Eu já tinha colocado meu nome na lista de uma festa, já tinha escapado de um pseudo-incêndio, já tinha conseguido água, porque não votar no vídeo do menino? Votei. Vídeo muito engraçado de tosco, boa sorte pra ele que está concorrendo a 10.000 pounds e está em 6º lugar.

Meu dia acabou em Pizza. Uma promoção louca foi proposta pelo Domino's e eles simplesmente decidiram distribuir uma pequena pizza de graça, e uma maiorzinha estilo média com 6 fatias por um pound. Fui lá, estava uma loucura e entrei na fila pra pegar pizza. Quando chegou na minha vez acabou :)))))))))))) Daí tive que esperar uns 15 minutos até sair outra, mas comi bem e barato.

Só esqueci de dizer também como o dia começou. Eu estou com um sério problema pra acordar e decidi baixar um aplicativo que me acordasse de uma forma radical. Basicamente pro meu celular parar de tocar eu tenho que resolver 3 contas de matemática no level hard. Hoje quando eu acordei, fiz a primeira fácil, mas quando chegou a segunda era 35*37 - 117 '-' Gente, ainda bem que tinha uma calculadora por perto, senão eu estava ferrado. Depois conto pra vocês como está indo.

E pra terminar, ontem meu novo housemate tailandês cozinhou pra gente. Eu fiquei bem animado porque nunca tinha comido comida tailandesa, e é sempre bom experimentar coisas novas, ainda mais se são tão deliciosas como essas. Eles gostam de por pimenta pra variar, minha boca ficou ardendo bastante, mas é isso, a comida estava boa, se fosse (bem) menos pimenta seria melhor, mas estava bem gosto e valeu a pena!! Foi uma experiência bem melhor do que o jantar nigeriano que eu tive.


Isso é o que eu tenho pra vocês. Assim que eu me livrar desse report volto a postar com mais frequência. Abraço a todos.

Gostou da postagem? Curta o ExpressoLondres no facebook aqui.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...