domingo, 27 de janeiro de 2013

Master of Science

Segunda, primeiro dia na universidade. Havia um encontro marcado no prédio de engenharia com um coordenador do nosso curso. Expectativa total. Nós perdemos no caminho e nos atrasamos para um encontro na Inglaterra. Mau sinal, talvez. Acabei pedindo informações a uma japonesa na rua, que muito solidariamente nos ofereceu pra levar até a universidade, já que o namorado dela estudava lá e ela conhecia o caminho.

Eu esperava algo bem formal, mas quando cheguei havia um inglês muito simpático esperando por nós no térreo do fabuloso prédio de engenharia recém inaugurado após um investimento de aproximadamente 55 milhões de LIBRAS, sim LIBRAS. Como já haviam me adiantado a proposta deles era que tentássemos o primeiro ano da graduação ou fôssemos para o mestrado. Mestrado. Um nome que me assustou bastante ao princípio. A maioria dos intercambistas se encontram em períodos a partir do 6º/7º então nenhum deles estava interessado em voltar, pelo contrário, todos animadíssimos em ir pro mestrado, e eu surtando por dentro. 

A maioria dos brasileiros começou o 'enroll' naquele mesmo dia. Eu acabei decidindo pelo mestrado, mas ainda deveria escolher entre dois deles, um mais focado em Potência e Eletrônica, e outro em Teleco e Controle. Como eu corro de telecomunicações e a grande maioria estava indo pro outro mestrado, na terça pela manhã eu já estava me matriculando no curso MSc of Electrical and Electronic Engineering. Sentiu a potência? 

Ainda na segunda aconteceu minha primeira aula na Coventry University. Era uma sala de tamanho médio com 4 mesas triangulares de cantos arredondados. Haviam 4 TV's grandes bem distribuídas pela sala de forma que mesmo as pessoas que ficasse de costa para o professor, pudessem ver os slides que ele estava passando. Tudo bem que era bem mais indicado ficar olhando pra ele, porque ele falava bem rápido e demora um pouco de tempo pra se acostumar com o ritmo de fala, mas como ele passa boa parte do tempo lendo os slides, fica mais fácil de ficar inteirado no assunto.

A segunda aula era o laboratório da primeira. Isso é bem semelhante no Brasil com diferenças exorbitantes. Primeiro, o laboratório dura mais que a aula teórica. Todas as bancadas tem um computador e junto a esse Osciloscópios - você não precisa saber o que é, só precisa saber que é fundamental e caro - e tudo mais que você precise. As aulas foram BEM mais tranquilas do que eu esperava pra um mestrado, e o nível dos nossos colegas é bem fraco. Lembrando que eles já são graduados e nós não, mas eles não construíram uma boa base nisso.

Agora complete a frase: Quem mora na Inglaterra é...

Se você respondeu 'Inglês' por favor ouça os 8 segundos no vídeo abaixo.


Se você respondeu "Nigeriano, Chinês, Japonês, Indiano e todos os outros imigrantes da face da terra menos os ingleses." você acertou. :) Não há NENHUM inglês na minha turma de mestrado. Os únicos ingleses dentro da sala são os professores. Eu não sei se é preconceito com Coventry, acho que não, até porque a universidade é linda de foda, mas não tem inglês. Vai saber se eles gostam de faculdade.

Não sei se vocês contam como relevante, mas nesse dia tomei meu primeiro Starbucks :B


Respondendo as suas perguntas mentais. Sim, é tão bom quanto dizem. Sim, é tão caro quanto dizem. Sim, sou tão besta quanto dizem. Isso era um "Classic Hot Chocolate". Agora me perguntem: "Onde fica a Starbucks que você tomou?" Ela fica no térreo do prédio de engenharia. Uma benção ao mesmo tempo que uma maldição, porque se você não se der conta, o dinheiro da sua bolsa escorre pelo ralo delicioso da Starbucks. Uma belezinha dessa custa 2.40 libras, mas como já diz o mais importante ditados dos intercambistas: "Quem converte, não se diverte." Só cuidado pra não passar fome no fim do mês e não conseguir nem dormir pra driblá-la. É nesse pedala Robinho que me despeço hoje. Até mais.


2 comentários:

  1. saudoso e simpático nigel poole :)
    e nas palavras do Dr. Rider: "You have chosen wisely"

    ResponderExcluir
  2. Eu soube que esse negócio de ter só estrangeiro na sala, é porquê eles meio que dividem as turmas, colocam ingleses numa sala e que está no intercâmbio em outra. Não sei se é o caso dessa universidade, mas existem umas assim.
    Eu me assustei quando li a palavra mestrado, e fiquei meio confusa, enfim, kkkkkkkk.
    E só pra comentar, ainda vou realizar o sonho de tomar café no Starbucks :p

    http://desajeitadasamadoras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...