sexta-feira, 18 de maio de 2012

Como se locomover em Londres?

Londres é um cidade bem cara, como todos que vão pra lá sabem. Seu transporte público não deixa de seguir a linha. O oyster card é uma alternativa para reduzir os custos. O oyster card é um cartão recarregável que você usa para pagar as suas viagens, tanto de metrô como trem e ônibus. Clique aqui, e vejam essa página específica e explicativa para turistas em Londres. Inclusive, é possível que compremos nosso cartão antes mesmo de chegar lá. Podemos receber nosso cartão em casa, só não sei quanto custa isso, e se nosso país está incluso nesse serviço.


Obs.: Aparentemente, os visitantes tem um Oyster com design diferenciado, o que eu achei ótimo. Prefiro esse ao azul tradicional.

Para fazer o pagamento, basta aproximar o cartão do leitor amarelo, que o preço da passagem será descontado dele. Existem ainda postos para se checar quando se tem de saldo. Pelo que é informado no site, existem muitos pontos de recarga espalhados pela cidade, aparentemente a praticidade é enorme, então vale muito a pena um cartão desse.

Temos também como opção os Travelcards que são bilhetes que você compra que tem validade de um ou 7 dias. Você paga um preço fixo e pode usar ele ilimitadamente pelo tempo que você escolher. Os preços são altos, e isso é indicado se você sabe que vai usar bastante as linhas de metrô num dia ou ao longo da semana. Confira os preços aqui. Pelo o que eu li, o Travelcard serve para qualquer transporte público, só não sei como faz para passar no metrô com ele, mas deve existir uma forma. 

Pegando um metrô

Antes de tudo, se localize. Antes de sair do hotel (ou o lugar que você esteja ficando), veja qual estação mais próxima para ir e se lá passa a linha que você deseja para chegar ao seu destino. Note que nos outros posts que eu fiz, eu atentei para colocar as estações de metrô mais próximas, e é exatamente isso que você deve saber. Veja aqui o mapa completo com todas as linhas e estações de metrô. E aqui, outro mais simplificado para ter sempre perto. Lembrando que nos guias visuais que apresentei aqui nos primeiros posts, existe esse mapa em anexo, o que é uma mão na roda.



Os cuidados maiores são esses. Entrar na estação certa e pegar o metrô certo. Tomem cuidado, porque existem estações que são interligadas, e outras estações passam duas linhas diferentes. Além disso, se você estiver viajando de Oyster Card, ao sair da estação é bom passar o cartão em outra área (eu confesso que não sei exatamente onde é, mas deve ser em algum canto sinalizado. E olhar os outros fazendo, acho que dá certo também) porque se você não passar, ele irá descontar o valor máximo do metrô. Enquanto que se você passar o cartão, ele apenas descontará o trajeto que você fez.

Pegando um ônibus

Acho que todos nós viciados em Londres, queremos e vamos, claro, andar num ônibus vermelho de 2 andares. Ônibus são certamente a opção de transporte mais barata, e ideal para dias em que você não está com pressa de chegar ao seu destino, porque eles certamente podem demorar a chegar. Conhecer a cidade, em um belo dia ensolarado através de um passeio de ônibus. Não tem coisa melhor. E com o seu Oyster Card, tudo fica mais barato. Uma vez que os bilhetes únicos custam 2£ independente da viagem, mas saem por 1,2£ se pago com o Oyster Card.

Caso você queria comprar um bilhete, ao lado das paradas de ônibus existe uma máquina onde você pode comprá-lo. É necessário mostrar ao motorista, e ao longo da jornada, existem fiscais que podem exigi-lo.

Pegando um "black cab" (táxi)

Parabéns para você que vai pegar um táxi. Você é rico. Brincadeira, mas táxi é ser burguês em qualquer lugar, a não ser que você esteja com mais pessoas e irá rachar o preço da corrida. Não tem muito o que comentar além de todo o charme que eles tem.


Funciona no mesmo esquema. Taxímetro. Bandeira mais caras a partir das 20h, e de madrugada o gigantesco assalta. É comum dar gorjeta para o taxista. Então ande com muitos trocados.

Bem, espero ter ajudado com esse post. Aprendi bastante escrevendo sobre ele. Até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...